sábado, 6 de outubro de 2012

GASPAR E PASSOS

Gaspar e Passos era um dueto improvável até há pouco, mesmo para o mais frenético social democrata.
Em Bratislava, Passos deve aproveitar para reflectir se não está  a ir longe de mais na sua política de terra queimada e de holocausto do povo português.

Gaspar e Passos, uma aproximação ao pior da extrema direita mais fascista. Ao serviço de quem?

Sem comentários:

Publicar um comentário