quinta-feira, 20 de junho de 2013

HENRIQUE MONTEIRO: O DISCURSO DO GAJO PORREIRO

«Companheiros, o nosso país não pode continuar assim. Temos uma enorme responsabilidade sobre nós! Ou cedemos aos interesses mais obscuros daqueles que querem fazer da humanidade um lugar de negócio, onde não há espaço para a solidariedade e a humanidade, ou nos levantamos e gritamos basta! E basta! Porque não é hora de lamúrias, é tempo de convicções! E basta! Porque não é momento de dúvidas, é a altura da certeza de que Portugal sobreviverá, de que este país não tem de viver dos ditames externos!





Ao dizer isto não estará o HM a assumir o discurso daqueles que querem fazer da humanidade um espaço de negócio, onde não há espaço para a humanidade e solidariedade?
Obviamente que sim, esquecendo-se que às vezes basta uma palavra mais doce para inflamar o mais frio e egoísta.

Entre o gajo porreiro e o sacana, qual é que tu escolhias?

Sem comentários:

Publicar um comentário