sexta-feira, 9 de novembro de 2012

MÁ «MOEDAS»

«São previsões do nosso Governo», mas «também estão corroboradas» pelos «nossos parceiros, Fundo Monetário Internacional (FMI), Comissão Europeia (CE) e Banco Central Europeu (BCE)», disse esta sexta-feira Carlos Moedas, depois de ter participado na cerimónia do dia do Instituto Politécnico de Beja, que hoje celebra 33 anos.

Assim, a previsão é «fruto» do trabalho do Governo, no qual o Executivo «acredita», mas «tem riscos».

«Hoje em dia, governar e olhar para o futuro é gerir um conjunto de riscos e obviamente que eles existem e sempre existiram, desde o princípio» do Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) de Portugal, frisou.

Carlos Moedas reagiu assim após ter sido questionado pelos jornalistas sobre as posições de várias instituições, como o Conselho das Finanças Públicas (CFP) e Conselho Económico e Social (CES), em relação às previsões económicas do OE2013.»

Sem comentários:

Publicar um comentário