sábado, 22 de dezembro de 2012

O CINISMO, HIPOCRISIA E VISÃO CURTA DO TALHANTE PASSOS

Ontem o talhante de Lisboa não ouviu o Expresso da Meia Noite e a exposição clara e sensata de um nosso compatriota da ONU. A clareza do que era necessário fazer é linear. A responsabilidade da Alemanha com o seu Hypobank também, mas o talhante de Lisboa que ontem estúpida e cinicamente  foi desejar Bom Natal a reformados a quem lhes tira o pão, também.

Sem comentários:

Publicar um comentário