domingo, 4 de abril de 2010

O LIVRO DA NOBRE FACE

Aparentemente Cavaco já era, porque têm demonstrado um oportunismo de carreira e uma gestão do dia a dia que não se compagina com aquilo que querem os Portugueses. E o que querem os Portugueses são novos políticos e novas políticas, um novo mundo e uma nova democracia. Como os Cristãos que amavam a humildade e a entrega de João Paulo II, tão diferente do aristocracismo de Bento XVI.
O discurso de Fernando Nobre é não realizável? Talvez, mas é um discurso pautado por uma vida de entrega e de solidariedade, diferente das mordomias de quem pensa os Portugueses e o seu semelhante a metros de distância.
O livro da Nobre face está aberto, agora no FaceBook, um lugar de encontro novo, do Portugal e de um mundo renovado e ambicioso de uma nova participação, no que é seu, diferente da apropriação por alguns daquilo que é  de todos.
Hoje a democracia directa faz-se no FaceBook, e que não digam que tal não é possível. É ver a Constituição Suíça, a participação directa nalguns cantões e a forma referendária e participativa, hoje possível através de todos os novos instrumentos, das inúmeras novas redes sociais que aproximam os homens num novo ius de cidadania e fraternidade.

1 comentário:

Pinto disse...

Este é o homem oportunista como sempre foi. Arrogante, altivo, intratável....um "soarista" sem aquele brilho monárquico...

Enviar um comentário