quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

MÉDICA, ARMANDO VARA, OURIVESARIA, AUMENTO DAS RENDAS

«Não tem dinheiro para a renda de 1000 euros nem para os comprimidos que tem de tomar por causa de um nódulo pulmonar», disse o filho José Moreira ao Correio da Manhã.
O pai da médica de 48 anos confirmou que Mónica Moreira era a médica envolvida no caso de Armando Vara, que «revoltou os utentes do centro de saúde ao passar-lhes à frente» para pedir um atestado, para poder fazer uma viagem.»
Ligar tudo isto pode parecer estranho, não fosse esta combinação uma combinação letal e um exemplo do que poderá acontecer em 2012. 
O governo de Passos está-se a assumir como o governo que vai, baseado numa agenda ideológica do liberalismo e da desregulamentação total como vantagem,  fazer  Portugal implodir do ponto de vista social.

Sem comentários:

Publicar um comentário