terça-feira, 19 de março de 2013

AGUIAR BRANCO E O PROJETO DE DESTRUIÇÃO DO COLÉGIO MILITAR: OS SCHAUBLE E DIJSSELBLOEM PORTUGUESES

Se Aguiar Branco, um pseudo social democrata em quem votei, o ministro que ao fim do dia estaciona no seu escritório de advocacia, conspurcando a sua função de ministro da defesa em não exclusividade, se atrever a destruir e desvirtuar um estabelecimento com dois séculos de história do melhor que existe de caráter em portugal, como o colégio militar, prepare-se para no futuro mudar o nome e de todos os membros da sua família que serão com certeza em portugal considerados «personas não gratas». 
A democracia tem regras: a mínima não defraudar a representatividade.  

1 comentário:

Ricardo disse...

Todos os ministros deste governo são traidores(activos ou passivos)por governarem para as troikas e afins em vez de governar para o povo.

Publicar um comentário