quarta-feira, 24 de abril de 2013

CRATO, O ANTI-MÁQUINAS PARA UMA NOVA INFO-EXCLUSÃO!

«As máquinas calculadoras vão desaparecer das salas de aula. O ministro da Educação, Nuno Crato, quer pôr os alunos a fazer contas de cabeça e limitar o uso das calculadoras nos primeiros anos de estudo.

Nuno Crato já tinha limitado o uso de calculadora no ano passado, no exame do sexto ano. Agora, quer que as máquinas sejam utilizadas apenas nos anos mais avançados, sendo mesmo aconselhada no 9º ano, para a aprendizagem das trigonometrias.»
Nuno Crato até é um tipo simpático, embora muito conservador.
Mas sobre o uso ou não das máquinas de calcular nas classes está completamente enganado, como o futuro o comprovará.