sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

A ECONOMIA DE PASSOS COELHO: JÁ NÃO HÁ ESPAÇO EM PORTUGAL PARA MAIS IDIOTAS!

«Para o industrial Fortunato Frederico a situação não é muito diferente. No grupo Kyaia, o maior do sector do calçado, "os ajustamentos terão que ser feitos entre fornecedores, os produtores e o consumidor final". "Vamos ter que encontrar um ‘mix' para que ninguém seja muito prejudicado", diz. O presidente da Kyaia frisa que em causa está "o aumento da luz, mas há também da água, das portagens e dos transportes. São muitos aumentos de uma vez só"».

Sem comentários:

Publicar um comentário