quinta-feira, 25 de outubro de 2012

BPI, JM, ANA E TAP E O GOVERNO DE GASPAR

Hoje soubemos que o BPI aumentou os seus lucros bem como soubemos que a Jerónimo Martins aumentou-os em 6,2%. Não está em causa aumentar lucros mas como se os aumenta e o sentido em relação à população em geral.
Aliás é estranho como no sector da distribuição os lucros se mantêm tão altos, não funcionando a concorrência de mercado.
Entretanto Ulrich diz que valeu a pena o BES reclamar. 
Vem aí, para eles, o negócio da ANA e da TAP - muito apetecível segundo a sua opinião mesmo que desastroso para o país - na nossa. 
Isto é o Portugal de 2012, com políticos a espera de lugares em administrações enquanto se quer cortar 6% no subsídio de desemprego e quando os portugueses cada vez pagam mais de contribuições e impostos.

Sem comentários:

Publicar um comentário