sexta-feira, 12 de outubro de 2012

CADA IDIOTA, CADA SENTENÇA

«Jaime Esteves sugere mesmo que seja criado «um regime simplificado de IRC para, no mínimo, as micro e pequenas empresas, que tribute já não o seu lucro real, mas antes o seu lucro normal, estimado com base em indicadores objetivos».

Uma alteração que, segundo este especialista, permitiria «reduzir as obrigações acessórias e os custos de cumprimento destas empresas, bem como os custos de fiscalização pela Administração Tributária, permitindo redirecionar os efetivos para a fiscalização das operações mais complexas».
Talvez estejamos a sofrer de termos educado tão mal, tão despreocupadamente, uma geração, entre dois shots e uma falta quase geral de palmadas pedagógicas e leituras que fazem mundo.

Sem comentários:

Publicar um comentário