sexta-feira, 19 de março de 2010

DEVOLVE-ME O ABONO DE FAMÍLIA!

O governo do socialismo democrático de última geração, cínico e incongruente, capaz disto:
«Anuncia-se uma amnistia fiscal a empresas, e a indivíduos, que tenham valores em off-shores e voluntariamente os declarem pagando uma espécie de taxa simbólica.Da AR dizem-me que não estão abrangidos pela medida aqueles casos de fuga aos impostos que já se encontram sob investigação criminal, e que costumam ser os únicos que restam depois dos mega-processos sobre n actividades ilícitas darem em nada.Estas são as amnistias de que o meu povo gosta.Vejamos se compensa.»
Enquanto Isaltino, o primo e os outros de face oculta, exultam  de satisfação por poderem finalmente gozar as mordomias em terra própria, que não alheia, o governo de última geração, é também capaz disto com os empregados-desempregados de última geração: 
devolvam-me os abonos de família, porque mesmo que tenhas filhos e não tivesses ou tenhas rendimentos, és uma não pessoa, um inexistente, um desabonado da vida, porque correste riscos por ti e por Portugal e te tornaste um salafrário de um profissional independente empreendedor falhado.  Dei-te, não sei porquê, talvez por uma estranha universalidade, mas agora exijo-te a devolução porque é preciso cumprir os critérios do PEC! 

1 comentário:

Maria Henriques disse...

restituição dos abonos e foram as escolas a falhar?? pois bem no meu caso não , passo a contar a estória.



http://apombalivre.blogspot.com/
2010/03/restituicao-dos-abonos-e-foram-as.html

Enviar um comentário