quarta-feira, 17 de março de 2010

A FRAUDE DO DESEMPREGADO COMODISTA

A sindicalista lembra que "muitas das apregoadas 12 mil ofertas de emprego por preencher dizem respeito a trabalhos de três horas por dia e a salários de 300 euros e isso ninguém diz". Em contraponto, os empresários têm dificuldade em preencher vagas para salários ao nível ou ligeiramente acima do salário mínimo.
A conversa de que alguns desempregados não aceitam empregos não convenientes é apenas uma grande conversa, que tem respaldo no governo mais mentiroso da nossa história. Pelo menos para quem conhece bem o IEFP e os soberbos empregos que quase sempre lá aparecem. É que os bons ou razoáveis, nem vê-los por aquelas bandas, ou quando aparecem ficavam-se por algum técnico ou auxiliar que fazia da nossa casa sua casa!
É que trabalhar à Chinesa, a meio tempo ou com salários que não retribuem na medida da reposição da energia despendida é uma grande fraude. 

Tudo faz o governo para conseguir manter as grandes reformas e as reformas em duplicado... mas isso mantêm-se na sua enorme seriedade de biquinho calado!

1 comentário:

Para que Serve? disse...

Estimado,
É um prazer contactá-lo e em primeiro lugar elogiar pelo bom blog que expõe a todos nós, leitores.
Envio este coment para anunciar a abertura de um novo blog, o "Macaquinhos no Sótão". http://osmacacosdosotao.blogspot.com/
Um blog pensado há muito, mas que só agora decidi abrir.
Gostaria muito de contar com a sua ajuda na promoção deste blog, colocando o link se possivel.
Como é claro, retribuirei sem piscar os olhos em colocar o seu link na minha página!
Espero uma resposta sua.

Enviar um comentário