terça-feira, 11 de setembro de 2012

ATÉ BELMIRO DE AZEVEDO ESTÁ CONTRA O AUMENTO DA TSU

«Portugal não tem uma estrutura estatística nem de avaliação dos impactos. Quando se faz uma coisa, o que é que altera no outro lado? E esse é que é o problema. Nós verificamos que há erros permanentes», respondeu.

O presidente do conselho de administração da Sonae questionou o que é que acontece com a economia «quando se sobe uma taxa ou se desce uma taxa», afirmando, por exemplo, que «quando se tira dinheiro ao povo falta dinheiro para comprar coisas, quer seja na economia quer seja nas empresas».

«Isso depois tem um impacto tremendamente negativo para a atividade económica, que desaparece. Nós não temos instrumentos de estudo em Portugal como muitos países têm. É tudo navegação à vista. Faz, não dá certo, corrige porque não há informação», sublinhou.»

Sem comentários:

Publicar um comentário