domingo, 9 de setembro de 2012

O CORTE DE 4000M€ E O EFEITO MULTIPLICADOR NA DESTRUIÇÂO ECONÓMICA: PASSOS ESTUDOU ECONOMIA? DUVIDO!

O corte de 4000M€ no rendimento disponível dos Portugueses vai ter um efeito multiplicador muito superior sobre a economia.
Cortar ao rendimento interno este montante significará muito menos emprego e apenas mais lucros para as grandes empresas. 
O mais dramático, no entanto, irá ser aumentar de forma exponencial a incapacidade dos portugueses solverem os seus compromissos, nomeadamente os resultantes dos impostos: IMI, IRS, ... Face a isto centenas de milhar serão esbulhados de parte substancial do que já pagaram à banca! Um modo inteligente de roubo por parte de um governo com criminosos dentro e em conluio com alguns banqueiros!
Em consequência proponho que todos os portugueses dêem um prazo de duas semanas ao governo para repensar estas medidas, nomeadamente o assalto da taxa de segurança social (quando sabemos que na Suíça esta prestação está plafonada por reformas de 2000€), sob pena de se tal não verificar retirarmos todo o dinheiro do sistema bancário fazendo-o implodir.
O direito constitucional à defesa da democracia permite-nos contrariar o esbulho da representatividade do poder pela mentira! 

Sem comentários:

Publicar um comentário