quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

PORQUE PORTUGAL NÃO ATRAI O INVESTIMENTO EXTERNO?

«Outra desvantagem, segundo o "Handelsblatt", é a baixa qualidade da formação profissional, um dos factores que mais influenciou a partida dos investidores estrangeiros para os países no Leste da Europa. Mas também a posição periférica de um país com um mercado interno pequeno e frágil torna Portugal pouco atraente para fábricas estrangeiras. A produção apenas para exportação afigura-se-lhes demasiado cara, quando comparada com outras localizações na Europa ou na Ásia.»
Esta é a verdadeira causa da falta de atractividade de Portugal. Por isso Portugal precisava de: custos de contexto baixos (nomeadamente atractividade fiscal) e precisava de apostar nas PME's de origem exclusivamente nacional.

E o que fazemos e continuamos a querer fazer? 

Criamos um ambiente fiscal insustentável para todos e para além disso só apoiamos quase exclusivamente o investimento externo. 

Sem comentários:

Publicar um comentário