sábado, 21 de janeiro de 2012

AS FRASES DO COELHO

«Portugal precisa de mais concorrência e não de núcleos de privilégios injustificados»

É verdade o que diz Passos! Mas também é verdade que os núcleos que mais têm contribuído para este estado de coisas são os núcleos políticos que estão sistematicamente "na cama com o poder económico".

Acresce a isto ser normalmente o Estado o grande desequilibrador e o maior obstáculo à concorrência. 

E das duas uma: ou Passos mete na ordem o poder económico fechando as portas dos governos e da máquina do Estado (fazendo da máquina estatal uma coisa enxuta de partidos e concorrente) ou o poder político ou ambos.
De outro modo as suas palavras são vãs, palavras para Troika ouvir - que não ver.

 

Sem comentários:

Publicar um comentário