sábado, 21 de janeiro de 2012

A OPINIÃO COMENTADA: LOS PERFUMADOS

«das reformas neoliberais surgem, como cogumelos, suas novas elites yuppies, os novos empreendedores e reengenheiros do mundo financeiro e gerencial, los perfumados, como se dizia no méxico por ocasião dos últimos terremotos económicos. ao mesmo tempo, dissolvem-se, mais ou menos rapidamente, mas sempre com notável clareza, as bases políticas do velho conservadorismo. o novo estado forte é cada vez mais subtraído a velhas formas de accountability deliberadamente, e quase por definição, ele é algo imune a controle social (e sobretudo eleitoral). junte-se a tudo isso o ingrediente da exclusão estrutural, conduzindo segmentos cada vez maiores da humanidade a uma situação instável e desesperadora. estão criadas as condições propícias ao ascenso de soluções de emergência que de outro modo seriam vistas como inviáveis, indesejáveis ou até mesmo impensáveis.»

Sem comentários:

Publicar um comentário